terça-feira, 3 de maio de 2011

Cirurgia no braço e alegria no coração

Ontem passei por uma cirurgia no braço para retirar um provável "lipoma". Estava bem ansiosa. Menos mal que o médico havia me comentado que era cirurgia rápida e simples, sem mistérios. Ao perguntar quanto tempo duraria tal operação, ele me respondeu, bem humorado: "olha, se eu estiver com preguiça no dia, uns três minutos".

E, de fato, foi assim. Não sei precisar quanto tempo foi, mas com certeza ele não estava com preguiça no dia. Lembro-me que fiquei bem mais tempo no quarto relaxando e esperando minha vez de ser operada do que na sala de cirurgia: cheguei no quarto mais ou menos às 12h30min e me levaram ao centro cirúrgico em torno das 15h, eu acho (Humberto que me corrija, se eu estiver errada). Sentei na cadeira de rodas e fui transportada confortavelmente para lá. Confesso que a aquelas alturas, inexplicavelmente, minha curiosidade já estava empatando com o grau de ansiedade, para meu alívio. Estava até curtindo ser levada para a cirurgia, pois apreciava corredores, paredes e elevador sob outra ótica, num intenso exercício de observação de ambientes.

Chegando ao centro cirúrgico, fiquei esperando um pouquinho ainda numa sala onde havia algumas enfermeiras, por sorte todas simpáticas. Depois, levaram-me para o lugar onde seria operada. Subi no leito e me deitei. Veio uma das enfermeiras e me colocou o soro numa de minhas veias da mão esquerda, para receber uma sedação leve. Só senti uma picadinha rápida, a moça era bem jeitosa. Depois apareceu outra para colocar uma peça de ferro numa de minhas pernas. Fiquei curiosa e perguntei o que era aquilo. Ela me explica que é pra evitar choques no paciente, pois o cirurgião usa bisturi elétrico. Pouco tempo depois, aparece o médico anestesista explicando que iria me anestesiar via soro. Fiquei contentinha em saber disso, pois já estava imaginando o doutor com uma baita seringa na mão....Ainda depois, alguém (não lembro se era ele mesmo) me pergunta se eu já estava um pouquinho zonza (acho que era pra saber se a sedação ou a anestesia ou os dois, sei lá, já estavam fazendo efeito).  Sentia uma "zonzeira" leve apenas, confesso que quando tomo algumas cervejas o efeito é mais forte.

O bom é que não havia monotonia ali: cada momento aparecia uma pessoa diferente e fazendo algo também diferente. Enfim, ao final, aparece o cirurgião e começa os trabalhos. Por estranho que pareça, eu estava tranquila. Sei lá o que me deram, mas o negócio é bom mesmo, funciona e o melhor: não senti dor nenhuma. Sentia que o doutor estava mexendo em algo no meu braço, mas nada de dor...bem rapidinho, ele falou: "pronto!" e ainda me perguntou se eu queria ver o que ele havia retirado. Surpresa, fiquei apreciando o tamanho da gordura retirada do tal lipoma. Parecia um punhadinho de gordura amarelada de frango...achei graça ao saber que aquilo tinha saído do meu braço.

Depois de alguns instantes, fui levada até outra sala de maca, onde fiquei um tempinho (creio que mais ou menos meia hora, talvez) e depois me "devolveram" ao quarto com direito ao trajeto visto sob outra perspectiva diferente de corredores, paredes e elevador. Lá descansei mais um pouco e tomei uma saladinha de frutas com torradas. Eu nem sabia que tinha lanche, fiquei feliz quando me avisaram. Afinal, seguindo à risca as recomendações médicas, comi alguma coisa antes das sete da manhã e depois mais nada...

Que bom se toda cirurgia fosse simples assim!

5 comentários:

Clara disse...

Eu nunca fica uma cirurgia! O mais próximo disso foram alguns pontos do queixo quando era criança (que nem lembro) e um tratamento de canal. rsrs

Eu fico apavorada de pensar em fazer uma cirurgia... mesmo que simples.. Quando vou tirar sangue, sempre peço para Marcelo ir comigo.. não é medo, não sei explicar, não me sinto bem.

Realmente, quem dera que todo procedimento cirúrgico fosse assim! Quem dera que meu tratamento de canal tivesse sido assim!!!!!! rsrs

Beijosss

Menina de óculos disse...

Sil, espero que esteja tudo bem com sua saúde. Eu sou como a Clara, tenho medo de cirurgias. Gosto da minha saúde perfeita!! :)

Bjs e se cuida

Anônimo disse...

Pra vc ficar mais animada te mando este link sobre Peru.

http://www.youtube.com/watch?v=D1MxR2X4r1s

lilly disse...

DESEJO UMA OTIMA RECUPERAÇAO PRA VC
FALA A VERDADE? VC QUERIA UM DIA DE DESCANSO, E UM LANCHINHO DIFERENTE, SE INTERNOU, TIROU UM TREQUINHO ...DESCANSOU..LANCHOU.
NAO TUITOU, NEM POSTOU, NEM ATENDEU FONE...
EITA.
FIQUE BOA!
BJ

Daniel Savio disse...

Espero que você se recupere bem...

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.