segunda-feira, 7 de junho de 2010

Eu pisava nos porquinhos e me espiavam na hora do banho...lembranças de infância!

Voltamos de viagem ontem à noite. E não precisei de armadura para entrar em casa pois, aparentemente, a chateação da Pantera passou. Prometi a mim mesma que, na próxima vídeo cassetada felina lá de casa, vou disfarçar o riso e soltar a gargalhada bem longe dela para que não se sinta mais tão deprimida assim...confesso que fiquei com peso na consciência.

E por falar em peso na consciência, aos poucos vou botando em dia a leitura dos blogs dos companheiros todos daqui, ok. Percebi que vários vocês andaram produzindo muito ao longo do feriadão, acho que o friozinho que pegou boa parte do país por estes dias inspirou muita gente a escrever mais. Por falar em botar coisas em dia, hoje finalmente boto aqui o selinho que a Clara, do blog Meu Caderno Rosa, me deu já faz um tempinho. O lance era repassar o selo e contar duas lembranças bonitinhas da época de infância. Lá vão duas de meu repertório infantil, uma na qual eu era a "criminosa" e na outra a "vítima":

1. Quando passávamos férias na casa dos avós ou tios maternos lá em Mato Grosso do Sul, adorava correr atrás dos porquinhos para pisar neles. O que me fazia curtir esta diversão estranha era o barulho que os bichinhos emitiam quando eram "esmagados" por mim. Parecia uma buzina estridente ou coisa parecida. Meu pai pedia para eu parar com isso, mas fazia o alerta meio que rindo, então eu entendia que podia fazer mais....

2. Outra de férias em MS: os banheiros de madeira ficavam do lado de fora das casas, o que permitia que certos priminhos tirassem o sossego de nossos banhos. Era um inferno: volta e meia apareciam uns jorrinhos de água gelada, em meio à água quente, pela parte de cima dos banheiros ou uns olhos atentos por alguns buraquinhos da madeira, o que resultavam em muita gritaria e algumas brigas, seguidos de alertas das tias: menino, sai daí, deixa fulana tomar banho sossegada...eu ficava muito brava na época, mas hoje essas lembranças nos rendem boas gargalhadas.

4 comentários:

Clébio disse...

Ô crueldade com os porquinhos, quer dizer que você já teve seus dias de loba má né?

Abraços

Clara disse...

eeeeeeeeeeeee!!! o/

Amo muito aqui! *-*

kkkkkkkkkkkkkk, vc já foi malvada!! Que coisa!!!

Uma vez fui a um acampamento de retiro que passei por uma parecida com o banho.. rs Lá os meninos respeitavam tudo certinho (o banheiro deles era bem longe até) mas era muito desconfortável ficar tomando banho com um banheiro improvisado de bambu com muitas gretas e sem porta!!! Eram vários chuveiros de água fria sem porta! Colocávamos as toalhas e mesmo sendo todas meninas eu fiquei muito constragida! (o dos meninos era pior, não tinha sequer divisória!)

Coisas da infância rs

bjooooos

lilly disse...

quando vc reclamar que está sem sorte, que o universo tá contra vc, eu vou dizer VC FOI UMA MENINA MÁAAAAAAAAA
hahahaha
bjs

Ju disse...

Que horror!!! Vc chegou a matar algum??? Tadinhos!