domingo, 13 de junho de 2010

Jogo de vôlei Brasil X Holanda: só faltou binóculo para ver as pernas dos jogadores!

Ontem eu e Humberto fomos assistir ao jogo de vôlei Brasil X Holanda aqui em Brasília. Quem me conhece bem sabe que esporte está longe de ser uma de minhas atividades preferidas e que qualquer evento no qual envolva movimento de bolas a princípio me interessa tanto quanto uma palestra de física da matéria condensada. No entanto, ontem, dia dos namorados, resolvi acompanhar Humberto para prestigiar o jogo, já que ganhamos os ingressos.

Até que gostei de ir. Fiquei me divertindo com as cenas de arredores da partida que, às vezes, eram mais interessantes que o próprio jogo: havia alguém vestido de jacaré gigante andando ao lado da quadra. Essa cômica figura ás vezes também ensaiava umas coreografias, assim como outro bonecão gigante o qual não identificamos quem estaria representando. Num dos intervalos do jogo, um monte de meninas entrou para uma rápida demonstração de dança. O jogo recomeça. Dali a pouco, para de novo e entra um funk pra torcida dançar. O jogo começa de novo. Para e desta vez vem um techno a todo volume. E lá vem jacaré rebolando, panos verdes e amarelos subindo e descendo por cima das pessoas nas arquibancadas e nas cadeiras (como é que muita gente não fica sufocada com isso?), um verdadeiro festival de paradas e retomadas, recheadas com atrações super non sense. Um carnaval muito louco!

Da próxima vez, vou levar um binóculo. Sentamos bem no topo de uma das arquibancadas, a visão geral do evento era boa, mas dificultou meu exercício estético-esportivo. Queria apreciar com mais detalhes o que, provavelmente, seria a coisa mais interessante do jogo: as pernas dos jogadores! Pena que mesmo de óculos estava complicado...

Quanto ao resultado do jogo? Ah, é mesmo...foi 3 X 0 para a Holanda.

3 comentários:

Clara disse...

Rsrsrsss, jogo engraçado esse hein! rs

Eu adoro esportes... vôlei é um deles! *-* Mais ainda as pernas dos jogadores rss

bjoossss

Anônimo disse...

Oi Sil, eu estava lá e não precisei de binóculo, vi cada pernão bem pertinho, inclusive faturei um autógrafo do jogador da holanda (Bonjde), super simpático, por sinal. só não faturei o do Giba porque a garota antipática que estava do meu lado não emprestou a caneta. Eu estava embaixo de uma daquelas bandeiras de vez enquando levantávamos. Bjs.

Geni Ribeiro

Bianka disse...

Eu fui no jogo do outro dia que eles ganharam! hehe Adorei!