quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Um CD de cuecas na caixinha do Beto Guedes...

Mais uma da série "Arrumando o apê"...

Hoje estava colocando os CDs numa pequena estante quando me deparo com agradáveis surpresas. Eu, por razões que até Deus desconhece, tinha o péssimo hábito de guardar alguns CDs em caixinhas trocadas. E há muuuuuuito tempo havia perdido um CD de cuecas que adorava. Tanto tempo que até já havia esquecido disto. Ele foi comprado mais por curiosidade numa rua de Santa Cruz de La Sierra, Bolívia, há quase 11 anos atrás. Porém, quando voltei ao Brasil e o coloquei pra tocar, amei. Ouvi esse CD com uma frequência danada na época até que, um belo dia, como que por encanto, ele "sumiu"...Procurei, procurei o dito cujo e nada.

Hoje, ao abrir uma caixinha de um CD do Beto Guedes, em vez de achar o som do Beto lá dentro, surpresaaaa: deparo-me com o ilustre desaparecido ali, em sono profundo, quase em coma... o do Beto, correspondente àquela caixinha, estava solto, junto com outros. Dali a pouco, abro outra caixinha, trocada para variar, e encontro um CD do Almir Sater que também se encontrava desaparecido há anos...acho que agora terei de fazer uma revisão geral de minha coleção...

Para desencargo de consciência, uma breve "nota de rodapé", antes que comecem a rolar as piadinhas (ops, sei que já é tarde demais...): cueca é um tipo de música e também um tipo de dança aqui da América Latina. Não é calzoncillo...

Um comentário:

PATERNITAS disse...

Tem alguém lá em casa que também adora fazer isso: trocar cds das caixas originais. As vezes não consigo escutar o cd que eu quero porque ele está em outra caixa, e o que está na caixa não é o que eu quero.....

Ai, ai.