terça-feira, 28 de julho de 2009

Felices fiestas patrias!

Foto tomada em Arequipa, com um de seus nevados ao fundo.Crédito: eu mesma.

Hoje e amanhã se comemora, no Peru, as Fiestas Pátrias. Seria o equivalente ao nosso 7 de setembro. Essas datas coincidem com as férias das escolas, faculdades e algumas instituições e são consideradas as maiores festas do país assim como as de final de ano.

Durante o mês todinho dá para notar a bandeira do Peru no alto da maioria das casas, prédios, em vidraças, em vários lugares. O comércio aproveita e faz campanhas publicitárias de todo tipo com o tema das Fiestas Pátrias para atrair mais consumidores. Há grandes eventos, tanto militares como folclóricos, pelo país todo.

Aqui em casa botei minha bandeira peruana pendurada na janela da sala: maneira simples e possível de homenagear minha outra pátria. E de brincar com a curiosidade dos que passam diariamente na calçada em frente ao meu bloco também...

Bem que os brasileiros poderiam fazer o mesmo no 7 de setembro. Pelo menos aqui em Brasília observo que são bem poucos aqueles que botam a bandeira do Brasil em algum lugar, a não ser quando é época de Copa do Mundo... Bom, podem dizer isto e aquilo, podem dizer que Bandeira é resquício da ditadura militar, de não sei o quê, mas de qualquer maneira é um símbolo do país e acho muito legal isso de colocá-la em algum lugar de destaque, desde que os sentimentos que estejam por trás sejam sinceros e não superficiais.

Hoy he puesto mi bandera del Peru en mi ventana y 7 de setembro vou botar minha bandeira do Brasil na janela. E viva minhas duas pátrias, ambas sofridas e belas!

4 comentários:

Clébio disse...

Você disse bem o que passa na maioria das pessoas desde o início da década de 90. Civismo ficou associado ao regime militar por conta das nossas aulas de EMC e OSPB. Hoje me dia até na copa as pessoas estão começando a ficar mais comedidas na hora de exaltar a pátria. Cantar o hino então virou besteira, coisa de quem quer se mostrar, acredite, já vi gente comentando isso perto de mim.

Antigamente até a vênus platinada (Globo) transmitia com destaque e ao vivo os desfiles de 7 de setembro, hoje virou palanque pra político. Não vivemos mais com o conceito de nação, agora é cada um por si.

Abraços.

Clébio disse...

Aliás, hoje as pessoas se identificam mais com o estado de origem do que com o país Brasil, ou então com o time de futebol.

Stella disse...

Sil, concordo com vc. Acho que deveríamos mostrar mais nosso patriotismo. Aqui no Brasil, acho que só os gauchos têm orgulho de serem gaúchos (a bandeira deles está em todos os lugares e sabem cantar o hino do RS que é uma maravilha!) Mas todos somos brasileiros, independente do estado em que nascemos...

Fabiana disse...

Qdo ainda era criança, se cantava o hino e erguia-se a bandeira... Q me lembre meus irmãos já não passaram por isso... Atualmente então, vixe nem se fala!!! Mal se lembra do significado de 7 de setembro.... 15 de novembro então!!!!!!! E o significado das cores e detalhes da bandeira, será q o povo sabe?