domingo, 6 de setembro de 2009

Agora o diálogo é com o fogão!

Antes do diálogo com a geladeira, tive um dedinho de prosa com o senhor fogão também. O velho exemplar desta espécie aqui em casa também teve de ser trocado, já que volta e meia me assustava e me ameaçava soltando um estranho foguinho azul por detrás dele. Creio que se tratava de um caso sério de fogão "estressado", uma vez que havia prestado serviços por anos a fio. Isso fora o fato que ele, de uns anos para cá, passou a acender só com isqueiro ou fósforo porque uma gata que tivemos costumava se esconder na parte de trás dele às vezes e, quando fazia isso, costumava roer os fios elétricos que lá estavam (!!!).

Pois é, esse pobre fogão realmente já estava mesmo na época de se aposentar...

Chegou o novo, fiquei contente. Li o cansativo manual de instruções. Resolvi inaugurar o novo eletrodoméstico assando uma bela torta em seu forno. Mas quem disse que eu conseguia acender o dito cujo? Levei aproximadamente meia hora tentando de um jeito, tentando de outro, até que consegui a proeza de fazer o fogo do forno se manter ali firme e forte. O stress do fogão antigo já estava começando a me contagiar e eu chegava a ameaçar o novo, dizendo: "Vê se acende logo aí e deixa de frescura, fogão não pode ser fresco, senão não assa nada!"

Tive a impressão que o manual de "não -instruções" estava me sacaneando. O texto podia conduzir o leitor a várias interpretações sobre os procedimentos de como deveria ser o singelo ato de acender o fogo. Por isso, só fui conseguir lá pela 59ª tentativa...

3 comentários:

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, só falta você ter esta conversa com o laptop, ai danou-se...

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.

Stella disse...

Eletrodoméstico novo cansa, né? Quando penso em comprar um, penso tb na primeira vez que vou utilizá-lo, aí já me estresso. Mas vc já está se especializando em diálogos com estes eletrodomésticos...

lilly disse...

qdo compramos um eletrodoméstico nos acostumamos devagar com as teclas, os botões.
nem lemos o manual
o que mais me irrita emt rocar por um novo, é o que novo nem sempre é tão bom, é muito mais complicado, quebra facil, msa é lindo..
fazer o que\/
??
bjs