sábado, 3 de janeiro de 2009

Passei pela "Faixa de Gaza" antes da virada do ano

Noite do dia 31 de dezembro. Clima descontraído, cervejinha rolando, churrasquinho quase pronto...uma noite muito agradável em casa de amigos num condomínio perto de Sobradinho. Agradável e...emocionante!

O Alan havia comprado, aliás, pensado que havia comprado uma caixa de rojões. No entanto, depois de um pequeno incidente, descobriu que se tratava de uma caixa de foguetes (!!!). Em dado momento, o pavio do foguete começou a queimar na mão dele e, no susto, acabou soltando o dito cujo dentro da churrasqueira.

Com o susto e o barulho dos estouros, cada um teve reação diferente. Humberto fez uma série de "pedalas-robinho". Fábio ficou "congelado". Eu fiquei gritando o tempo todo. A Jose, que estava dentro de casa preparando algo, veio correndo para acudir o marido. E segundo ela, viu a gata voando feito uma flecha corredor adentro...As cadelas, ninguém sabe onde foram se esconder.

Na verdade, eu não vi nada disso do que descrevi no parágrafo anterior. Foi o Alan quem contou. E ele ainda comentou que me viu fazendo tele-transporte de um lugar para outro no quintal, de tão apavorada. Acho que, na verdade, fiz tele-transporte para a Faixa de Gaza, isso sim. Só me lembro de ter visto muita fumaça à minha volta e senti um pouco de medo, pois não sabia onde as bombas estavam estourando e onde as próximas iriam estourar. Só sabia, pelo grau de sonoridade das explosões, que estávamos bem perto delas.

Felizmente, ninguém se machucou seriamente. Ficaram depois as piadas sem fim sobre o fato madrugada adentro e, pelo jeito, pelo ano de 2009 todinho. Fomos ver os fogos de artifício na Esplanada dos Ministérios. Depois do espetáculo (ou da tentativa de espetáculo), Fábio comentou: "Puxa, lá na casa do Alan a coisa estava bem mais emocionante...". Tem razão, Fábio!

4 comentários:

/barrabii disse...

Graças a Deus que ninguém se machucou !
Em casa evitamos ao máximo comprar rojões ou algo parecido, primeiro porque a minha irmã morre de medo , segundo porque achamos muito perigoso !

Grande beijo :D
e um otimoo ano novo .

Gisele Moura disse...

Bem aqui em Traiskirchen eu tive a própria Copacabana. Só faltou mesmo a praia. É costume no fim do ano eles soltarem estes foguetes que explodem estrelinhas. Se não fosse o frio eu até arriscava um banho de mar... hehehehe aqui não tem mar. E á água nem é salgada. Esse ano eu filmei tudo. Vou ver se ficou bom e postar depois no meu blog. Que bom que ninguém se machucou. Aqui a faixa de Gaza tá dando o que falar a CNN não fala em outra coisa. Estão praticament transmitindo do front.
Que bom que aí em Sobral ficou tudo tranquilo.Feliz Ano Novo.

Clébio Júnior disse...

Sinta a "emoção" de um bombardeio aéreo no conforto de seu lar. Adquira hoje mesmo sua "Guerra Particular" ligando para (011)1406 hehehe.

Brincadeiras a parte bom saber que não aconteceu nada de mais sério. Só não entendi uma coisa: como assim "Eu fiquei gritando o tempo todo" se você não viu nada Sil?

Feliz 2009 para todos.

*Ju* disse...

Huahuahauha, quanta criatividade!!!