domingo, 26 de abril de 2009

E as vítimas das enchentes do Maranhão?

O Brasil todo ajudou as vítimas das enchentes de Santa Catarina, tempos atrás. E as do Maranhão, agora?

4 comentários:

Daniel Savio disse...

Bem, é meio idiota da minha parte, mas o pessoal meio que vendeu até dizer chega a materia da enchente de Santa Catarina, ai jornal não prefere não arriscar a vender "matérial repetido"...

Pior que é sério.

Mas é bom ter pessoas como você para lembrar.

Vou tentar divulgar também, tem algum problema de eu te citar?

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.

Humberto disse...

É, coitados, eles não são "loirinhos", "branquinhos", "bonitinhos", com "casinhas de cartilha", e nem têm uma vida "parecida com a nossa" mesmo, ou seja, já estão acostumados com o perrengue, prá que ajudar, né? Eles não precisam disso...

E quando a gente disse que aquela "histeria" por causa dos acidentes da Gol e Tam eram um exagero, porque "cai um boeing por semana" nas nossas estradas (prá falar o mínimo), o que teve de gente "descascando", falando que éramos "insensíveis"... Cadê a "sensibilidade" deles agora?!

Solidariedade "de espelho" é foda!

PS.: E lá em SC reduziram ainda mais a área de proteção das matas ciliares, e ainda fizeram um auê com isso, dizendo que 30 metros nas margens é "um absurdo!", que lá mandam eles! Querem saber de uma coisa? Não esperem mais nada de mim na próxima catástrofe, a não ser, no máximo, um "bem feito!"... :-/

Fabiana disse...

É... infelizmente essa é a realidade.... Ajuda-se uma, duas, três....... Mas chega um momento, ainda mais qdo não se vê resultado nakela ajuda, que as pessoas começam a perder a crença... Infelizmente até nessas horas, o jeitinho brasileiro aparece.... Minimalização (essa palavra existe?!) do sofrimento humano!!!!!!!

Newton (ton) disse...

Tudo que é feito com exagero e sem equilíbrio leva a situações descabidas e desproporcionais. É preciso agir, nas situações de calamidade, com verdadeiro altruísmo e real ajuda aos necessitados... todo o resto é simplesmente matéria para telejornais e aventureiros de vantajens com a dor alheia... Ton