sábado, 24 de outubro de 2009

Tô precisando de um macho...

Calma, calma, pessoal...deixa eu explicar melhor o título deste post. É que uma de nossas gatinhas, a já famosa e legendária MaluCat Valentina, está no cio por esses dias e não deixa ninguém dormir direito à noite com seus miados, uivos e latidos (!!!), intercalados por apenas alguns momentos de silêncio ardorosamente desejados pelos seres humanos que habitam este apartamento. Ou seja, preciso urgentemente de um macho, um gato macho, para dar um jeito na pobrezinha.

Durante algumas noites, prendi a MaluCat numa casinha de plástico, como não havia outra alternativa por perto. Sabe-se lá porque ela fica quietinha lá dentro. Porém, confesso que me sinto uma carrasca fazendo isso.

Semana que vem passarei na veterinária para ver se há algum remédio que abrande os incômodos do cio da gata. Caso não exista nada nesse sentido, a solução para o problema vai ser mesmo arrumar um gato. Alguém aí tem algum para me emprestar ou alugar uma vez por mês?

5 comentários:

Lilian Rose disse...

oi!
voltei, menina, qto trabalho esta semana...
eu te ofereceria o Keith se ele não fosse castrado.
nosso filhos gatos saõ lindos, imagine que cria linda não dariam?
pq vc n castra a malucat?

Nilce disse...

pena, a minha é gatinha tbm, acabou de ter 3 filhotinhos...talvez tenha algum macho, mas ainda não sabemos...rss...mas não se preocupe, é assim mesmo...são terríveis qdo estão no cio, haja paciência! eu não sabia q elas eram tão taradinhas assim...rsrs

Rosana O. disse...

bom, aqui temos o Oliver... ele tem oito meses. será que é muito novinho?
beijão!

Stella disse...

Sil, passei por isto uma vez com a Nina, mas em seguida mandei castrá-la. Tb me senti carrasca, não dei a ela a opção de ser mãe, mas agora não tenho mais este tipo de incômodo. E ela é feliz, tenho certeza. Ela não seria se continuasse entrando no cio e não arrumasse nenhum macho. A Nina é fofa!

Daniel Savio disse...

Sinceramente, desejo sorte na procura do macho felino...

Que istória é esta de fruta gente?!

Meio que fiquei passado com isto...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.