quarta-feira, 6 de maio de 2009

Quero assistir ao Bajofondo, mas sem pagar 300 contos!


Estou indignada! Queria muito assistir à performance ao vivo do grupo Bajofondo, de músicos que mesclam o tango, a milonga, o eletrônico, o Hip-Hop, o candombe, entre outros, porém o preço me proíbe de curti-los. Aqui em Brasília, estão cobrando 300 reais o ingresso e 150 a meia (!!!!!!). Em Sampa e no Rio, o preço dos ingressos oscilou entre 60 e 250 reais. Também acho 60 reais caro, mas pelo menos é bem mais em conta...faltou avisarem que aqui é Brasil e não Suíça.

Sei lá porque Brasília carrega essa maldição de conseguir cobrar das pessoas um preço ainda mais alto para um show que já é caro em outras cidades. Mas o pior é que há pessoas que aceitam pagar o preço...e dessas aposto como a maioria vai ao show só porque o grupo "virou moda". Provavelmente, a maioria nem sabe a diferença entre um tango e uma milonga e nunca ouviu falar do candombe uruguaio. Se bobear, vão confundir candombe com candomblé...
Ainda bem que, pelo menos, a gente pode curtir esse e tantos outros grupos por meio de pesquisa nos You Tubes da vida...

Pronto, desabafei!

Crédito da foto aqui.

3 comentários:

Fabiana disse...

Erguei as mãos e saia correndo... Isto é um assalto.... UUUUUUUiiiiiiiii........ Devem achar q Brasília é a cidade dos contos de fadas ou Alice no país das maravilhas..........

Clébio disse...

Sil, meu comentário ia ficar enorme então coloquei um texto no meu blog comentando sobre o mesmo assunto.

Arraços

Daniel Savio disse...

Cara, esqueceram de dizer que Brasilia não moram apenas politicos com mania de supervalorizar tudo...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.