segunda-feira, 4 de maio de 2009

Um tucano em nossa janela e uma receita da Suíça pelo celular

Ontem tivemos um domingo normal, mas com toques incomuns. Manhãzinha preguiçosa, ainda estávamos acabando de acordar quando, de repente, aparece um tucano lindo e majestoso num galho de uma árvore diante de nossa janela, com carinha de curioso. Ele até parecia nos saudar e dizer: "que tal vocês levantarem daí, hein?Larguem a preguiça!". Pena que foi muito rápido, não deu tempo de fotografar a bela surpresa que tivemos. Porém, achei no Google Images essa foto acima, muito parecida com a cena que vimos tão perto de nós. Às vezes nem parece que a gente mora em cidade grande e perto do centro...

Atendendo à "sugestão tucanesca", saímos para tomar um café no supermercado. Estávamos escolhendo o que íamos comer quando o celular do Humberto toca. Surpresa: era Sílvia, sua prima da Suíça, ligando para tentar contato com minha cunhada, aniversariante do dia que, provavelmente, ainda estava a dormir em sua casa e deveria ter desligado o celular para aproveitar melhor o sono.

O legal é que Sílvia aproveitou a ocasião para nos passar uma receita de batata suíça que eu havia pedido a ela via Orkut. Aproveitei que estávamos no supermercado e comprei um monte de batatas para testar a receita ontem mesmo. E não é que deu certo? Modéstia à parte, ficou muito gostoso. Dia desses, posso até postá-la aqui, se vocês quiserem.

Viva as pequenas grandes coisas da vida! Muito bom, em pleno domingo, a gente se deliciar com coisas inesperadas como essas...o deleite estético de um imponente e simpático tucano pertinho de nossa janela e o deleite gustativo de uma receita saborosa passada diretamente da Suíça via celular!

Crédito da foto aqui.

3 comentários:

Fabiana disse...

Aki em casa, principalmente meus pais em função da localização do quarto deles, costumamos acordar ao som de um bando de periquitos. E pela manhã cedo, algo em torno de 7 a 9 da manhã, ainda se pode curtir quase sempre uma família de miquinhos q passa em nosso quintal. Quem conhece, eles fazem um barulhinho agudinho, como q tivesse chamando outros miquinhos, mas aki em casa akbamos optando por entender q é uma "queixa" por frutas, além das q já existem no quintal em função das árvores. Imagino q eles devam achar pouco ter abacate, acerola, manga e jambo a vontade. Eu mesma já tive o prazer de uma vez descer até o fundo do quintal e alimentá-los diretamente em minha mão. De inicio eles ficaram desconfiados, mas depois se soltaram.... É muito gostoso curtir esses bichinhos.... Aki no lago vez em qdo passa tucano...
Passa a receita depois, Sil.... :-)

Lòiza disse...

Opa!
Eu quero sim a receita, Sil!!
Beijo, querida.

Daniel Savio disse...

Pow, eu nunca vi um tucano ao vivo e a cores na minha vida, deve ser maneiro...

Esqueceu de passar a receita...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.