segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Porque no Facebook escrevo mais em castelhano do que em português

O blog Lenço Encarnado, do Clébio, hoje colocou uma questão interessante para se conversar: a "Orkutização" de espaços como o Twitter e o Facebook. Escrevi lá um comentário que também reproduzo aqui:

Clébio, essa discussão é interessante. Em certa parte, um comportamento da sociedade sendo reproduzido no ciberespaço. Chega até a ser engraçado. De fato, de uns tempos para cá, ando percebendo um montão de brasileiros que estavam só no Orkut ou nem no Orkut entrando no Facebook. Alguns dizem que o Orkut virou muito "povão" e outras coisas do gênero e por isso saíram de lá. Acho isso meio ridículo...qual é o problema?

O meu caso de estar frequentando mais o Facebook é um pouco diferente. Como você sabe, metade de minha família é estrangeira. Tenho também amigos e contatos em diferentes países. E a quase totalidade dessas pessoas todas, incluindo primos, não estão no Orkut. Orkut é frequentado majoritariamente por brasileiros...entrei no Facebook então para, em certo sentido, "colocar-me no mundo". Por isso até que por ali eu escrevo mais em Castelhano, às vezes em inglês, do que em português. Inicialmente, meio que dividi "minha galera": estrangeiros no Facebook e brasileiros no Orkut. Porém, claro que não barraria os brasileiros que quisessem entrar em meu Facebook :)

Além da questão dos idiomas, esse comentário também explica o porquê de vários links e/ou vídeos que coloco por ali, que podem não ser de interesse para a maioria dos brasileiros.
 
 Das pessoas que conheço, muitas também entraram no Facebook por motivos parecidos com o meu. Sabe-se lá porque o Orkut "não pegou" muito lá fora. O Facebook, para mim, é meio que um veículo "aglutinador das galeras todas". Confesso até que já pensei em deixar o Orkut de lado para ficar só com este outro. Essa coisa de estar em um monte de sites de relacionamento cansa.

3 comentários:

Anônimo disse...

Dois motivos aqui de porque entrar no Facebook: um completamente sem fundamento, só pra estar na moda e escapar do suposto "antro de qualquer um" do Orkut. O outro motivo é bem lógico, sensato e plausível. E se o Orkut não atrai a maioria dos estrangeiros e fica limitado quase que só aos brazucas, porque será? Alguma falha de quem criou o Orkut? Chega a ser esquisito.

Júlio, Recife, Pernambuco

Clara disse...

Tenho um orkut, mas nunca uso. Cheguei a criar um facebook, mas fechei, pq nunca usava. Ainda não sei porque ainda tenho um orkut.. rs

beijos

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, fora que Hi5, o Badoo e por ai vai, realmente cansa estar em vários lugares, mas com a escolha da rede sociais acabam sendo definidas pela quantidade de amigos que a frenquentam, mesmo jeito quando se opta pela operadora do celular (pois geralmente tem sempre uma promoção de falar de um celular para outro da mesma companhia)...

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.