quarta-feira, 25 de março de 2009

Asinhas nos pés, luzes nos olhos, ao som de um violino


Na semana passada, fui assistir a uma apresentação de violino do meu professor, Kálley Seraine, e de uma tecladista lá no Shopping Pier 21. Estava me deleitando com as músicas quando, de repente, chega um casal com um garotinho que deveria ter, no máximo, uns dois anos de idade. Era lindo ver como aquela criança se comportava durante a apresentação. O menino ficava bem perto dos músicos, porém sem atrapalhar, numa postura de pura admiração. Seus olhos brilhavam, ele parecia hipnotizado. Às vezes, alternava seus intensos momentos de enlevo desenhando com o próprio corpo dancinhas e giros, encarnando o papel de um feliz bailarino com asinhas nos pés e luzes nos olhos.

Em dado momento, pareceu-me que os pais iriam sair dali. Quando tentaram levar o menino, ele começou a chorar e a berrar, lutando para que aquele belo momento durasse um pouco mais. O casal então esperou o final do concerto para ir embora e deixou o guri curtir um pouco mais a música. Quando percebeu que conseguiu o almejado, parou de chorar automaticamente. O sorriso voltou a seus lábios, seus olhos e seus pés.

Garotinho de personalidade esse: aprecia o que é bom e luta pelo que vale a pena. Tomara que quando crescer continue assim.

Crédito da foto aqui.

3 comentários:

PATERNITAS disse...

bunito!

Lia_Lioca disse...

É raro uma criança gostar desse tipo de música, e quando isso acontece os pais logo tentam impedir e tirando a felicidade dos filhos. E ai não sabem porque eles ficam contrariados com eles o resto dia.
1000 beijos

Daniel Savio disse...

Espero que não fique tão genioso assim...

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.