sábado, 14 de novembro de 2009

Brasília é dos insetos

E a invasão primaveril dos insetos ao nosso apartamento continua. Aliás, aos apartamentos de boa parte da população de Brasília...agora há pouco estava falando com um amigo que mora na mesma superquadra que nós. Ele me contava de uma barata enorme, esquisita, de botar medo, que entrou em seu apê hoje. Como se não bastassem essas qualidades todas aí, segundo ele, o bichão ainda cometeu a ousadia de ter asas (!!!!).

Esta semana apareceu na porta de minha geladeira um besouro esquisito, meio acinzentado, e repleto de detalhes de design. Nunca tinha visto um parecido. Se bobear, é parente da barata supracitada. Caso esse ser retorne ao meu lar, promete bater uma foto e postar aqui.

As cigarras continuam a adentrar nossos recintos diariamente. Hoje foram duas pequeninas e uma tamanho GG. Esta última intrigou nossas gatas na área de serviço. Não sei se ela acabou sem as asas, destino comum àquelas que teimam em ficar provocando nossas queridas mascotes, ou se conseguiu escapar pela janela. Desconfio que elas também queiram virar animais de estimação, tal a insistência com a qual nos visitam...

Os mosquitos, à noite, insistem em cantar sua indesejável sinfonia ao pé de nossos ouvidos, assim mesmo, romanticamente...porém, a incompatibilidade de gênios é grande. Como nosso inseticida havia acabado, fui ao supermercado comprar mais. Qual não foi minha surpresa ao chegar na seção daquele produto e me deparar com um ser híbrido de barata e besouro transitando no chão, a poucos centímetros da primeira prateleira das latas que tem como função seu extermínio e o de outras espécies?! Fiquei com a pulga atrás da orelha com essa (ah, não, pulga?! Mais um bicho para nossa coleção...).

Sei lá, no fundo, toda essa fauna é que está certa. Afinal, invadimos o espaço deles há muitos anos...

2 comentários:

Daniel Savio disse...

Concordo, nós que invadimos o espaço deles...

Ou os deixamos sem espaço?

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.

Ana Maria disse...

Aiiii eu tenho muito medo de barata!!!! Aqui em Porto Alegre tem muitas e eu aprendi a ser uma ótima dedetizadora! No meu apartamento elas nem entram mais!!!!