terça-feira, 24 de novembro de 2009

Fã-clube: um ato revolucionário!

Domingo à noite participei de uma festa virtual em comemoração aos 30 anos da dupla de MPB Kleiton e Kledir no www.chatbarh.com.br . Achei a experiência bem interessante e engraçada. Nunca havia participado de uma festa assim. O "porre" tomado foi tão bom que nem tive forças para postar ontem... Havia gente conhecida, gente que pela primeira vez tomava contato com o pessoal que lá estava, gente de todas as partes do país...a coisa estava boa. Kledir tirou todas as moças do recinto para dançar e Kleiton ficou recitando trechos de canções da dupla e também de alguns poemas. Na festa houve até um momento revolucionário: a dança da chula em cima da mesa. Foi ótimo, porque como a mesa era virtual mesmo, não havia risco de ela se quebrar. E como a chula tradicionalmente é dançada apenas por homens, ali nós mulheres tivemos a oportunidade de "chulear" também...

Adorei a experiência. Porém, acredito que mais revolucionário ainda seja criar e/ou participar de um fã-clube ativo como esses de Kleiton e Kledir: o Corpo e Alma, criado pela Valéria Cavalcante, daqui de Brasília, e o Fonte da Saudade, criado pela Luana Lourenço, de Caruaru, Pernambuco. Digo isso porque criar e/ou participar de fãs-clubes assim é um verdadeiro ato de saudável rebeldia, além de demonstrar o carinho para com artistas que a gente gosta.

Acho que atualmente quase todo mundo já sabe que boa parte das rádios funciona na base do "jabaculê" ou "jabá", ou seja, elas são pagas para tocar determinadas músicas. Algumas tem qualidade, outras nem tanto. Nesse esquema, muitos artistas bons ficam de fora. E determinados gêneros musicais, infelizmente, acabam tendo prevalência na programação de muitas emissoras. Muita gente boa que gostaríamos de ouvir não tem espaço ou raramente tem para ecoar sua arte. Criar e/ou participar de fãs-clubes como o Fonte da Saudade e o Corpo e Alma, cujas coordenadoras e participantes ajudam na divulgação dos artistas, é dizer um NÃO a esse esquema e tentar fazer a coisa diferente.

Por isso, deixo aqui minha homenagem à Valéria e Luana e também aos demais amigos que fui fazendo ao longo desses últimos anos. Surpreendentemente, fomos descobrindo que temos também tantas outras coisas em comum além do carinho aos guris. Cada um que vou conhecendo pessoalmente, tenho aquela estranha e gostosa impressão de que já conhecia faz tempo...é um mistério. Mistério tecido por fios fininhos mas resistentes, que ora nos serve de rede, tanto de proteção como de descanso; ora de embalo com o vento ou até mesmo de sombra para nos proteger do sol. Como diz uma antiga música dos meninos, "Coisas de magia, sei lá..."

9 comentários:

Kleiton disse...

Oi Sil,

Lindo seu texto. Somos (K&K) muito gratos as pessoas que nos acompanham e ajudam nossa carreira. Sem dúvida, a homenagem que você fez a Valéria e a Luana são mais que merecidas. Reforço aqui sua iniciativa agradecendo a elas em nome da dupla , e a você pelo generoso texto.

Bjs

Kleiton Ramil

janete disse...

Sil querida ,adorei seu texto! Cheguei até a me emocionar! Mas é uma coisa mágica mesmo ,maravilhosa! Que lindas amizades fizemos e continuaremos a fazer! Como ficamos felizes com um recadinho no orkut, um mail! E nossa festa então??? Foi muito legal! Agradeço K&k pelo carinho e amizade.Agradeço a todas vocês, queridas amigas, de Brasilia, São Paulo, Porto Alegre ,Carlos Barbosa e por aí vai(desculpe ,se esqueci todos os lugares, mas não esqueci vocês!)também pelo carinho e amizade de sempre!
E como diz mestre Kledir: vamo que vamo! bjs

Luana disse...

Sil, querida... Não tenho nem palavras para te agradecer, me emoconei bastante e fiquei muito feliz pela grande homenagem para a dupla e para mim. Não imaginas o quanto fico feliz por ser lembrada por ti que além de amar os meninos como eu, também tem um carinho enorme com as amigas, mesmo morando distante. Obrigada também por me dar a honra de ser a primeira a ler mas também fiquei muito feliz em ver que o primeiro comentário foi do nosso querido Kleiton, que também me emocionou bastante com suas belas palavras. Que Deus continue te iluminando sempre, minha grande amiga e que juntas nós possamos fazer muito mais por essas dupla maravilhosa pois eles merecem todo o nosso carinho! Mil beijos.

Clébio disse...

Ô Sil, é uma pena não ter ficado mais ligado esses dias na net, senão teria dado um jeito de participar também. Tava contando daquele show que assistimos deles lá no Teatro da Caixa pra uma colega minha que é lá de Ijuí e senti nela uma pontinha de inveja da gente hehehe.

Gosto demais da música dos dois e queria até participar mais ativamente dos fã-clubes, quem sabe logo não tomo a iniciativa.

Abração.

Kleide disse...

Sil, realmente nosso encontro domingo estava ótimo. Podíamos tomar o maior porre e sair ileso, dançar na mesa e não cair. Conhecer pessoas de norte a sul...trilegal!!! Pena que não fiquei até o final, mas no próximo... Eu acredito também ser coisas de magia, tipo assim, puro K&K. beijos

Anônimo disse...

Sil,muito bom o seu texto.Eu também andei por lá,lembra?Fiquei mais na observação porque o pessoal se comunica muito rápido mas gostei da animação.Tive que sair antes porque tive que buscar meu filho e já estava tarde.
Quando tiver outro encontro desses,pode divulgar que eu vou.

Anônimo disse...

Sil,o anônimo aí sou eu,Neide,eu assinei mas a assinatura não apareceu.

Bjs

Rose de Sampa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Stella disse...

Sil, em primeiro lugar tb adorei participar da festa virtual. Vc dançou a chula muito bem, rsrs!!! Adorei encontrar vc lá com todos nossos amigos e com os responsáveis por termos nos conhecido: os guris Kleiton e Kledir! Além de talentosos, são simpaticíssimos! Além de ídolos, são amigos. Agradeço mais uma vez a eles por tudo que eles me proporcionaram e proporcionam, pela música que me encanta, pelas amizades que fiz por causa deles e pelo carinho e atenção com que nos tratam. Obrigada K&K. Parabéns pela brilhante carreira. Parabéns, Val, Luana e Roseli pela dedicação a eles. Parabéns, Sil pelo seu lindo texto!