quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Colchão se mexe em nossa janela

Anteontem Rui, nosso invencível amigo e companheiro de viagens pela América Latina, deixou em meu Orkut a seguinte mensagem:

Passei hoje na frente da sua casa e vi um pedaço de madeira e um colchão se mexendo na janela, acho que no cômodo azul!! Foi muito engraçado! A luz estava acesa. Beijão do Rui.

Rimos horrores com esse scrap. Há alguns minutos estivemos com ele pessoalmente e rimos ainda mais com sua narrativa oral sobre o estranho fato observado a partir da perspectiva de quem fazia cooper pela calçada vizinha a nosso bloco. É que estávamos aproveitando uns pedaços de madeira retirados do armário antigo do quarto para reforçar o estrado da cama. Daí a causa dos movimentos peculiares na janela dos objetos citados pelo Rui.

Aliás, fazer caminhadas por aqui é algo que, muitas vezes, pode se tornar uma atividade divertida, além de saudável. Eu mesma já flagrei muitas cenas curiosas pela Asa Norte: cachorrinhos fazendo balé; pombo voando com sacolinha plástica; mangas, batatas e milhos esquecidos em cima da caixinha do botão do semáforo...cada dia é uma "atração" diferente. Vamos ver o que vai rolar hoje.

3 comentários:

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, eu nunca vi algo tão comédia, está mais para drama no meu casa (por exemplo, ser assaltado, hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de maldade e verdade)...

Fique com Deus, menina Sil.
Um abraço.

Cris ॐ disse...

Olá Silvana!

Fiquei emocionada por seu comentário! Muito agradecida!=)
Seja bem vinda a meu blog e espero que goste das outras histórias.

Quanto a Salkantay, ela exige um pouco do corpo sim, mas é só fazer no seu ritmo. Vale a pena tentar!

Adorei seu blog também. Com tempo vou lendo mais...

Fica em paz,

Um beijo!

Cris

*Ju* disse...

Eu quero pombo com sacola.